Em tempos de 15 anos e aprendizado – a combinação

olga

 

 

 

 

 

 

Olga da Fonseca

Na época dos meus quinze anos, a semana não começava na sexta-feira e sim na quinta… Quinta boatinha do Iate, sexta boatinha do Country, e domingo Boatinha do Canadá, sábado era dia das festas de modo Geral e domingo boatinha do Canadá… Quinta quem levava era o Sr. Geraldo Simões, pai da Bia Viotto, na sexta era o Tio Gerson Castro, pai da Cynthia , no sábado o Tio João Caldas pai da Rosa Edith e no domingo minha mãe…
Em um sábado estou pronta para sair com vestidinho inho inho, amarelinho e bem transparentinho, e quando viu foi logo mandando:
– Vai colocar a “combinação” jáaaaa!!! – E eu pensei, não consegui… e quando estava indo em direção ao quarto meu pai disse:
– Pode voltar, que não precisa colocar “combinação” alguma! – E ficaram os dois naquela de – põe a “combinação” e não põe a “combinação”, até que eu disse:
– Decide logo, caramba! – O Tio João está chegando… – E meu pai ordenou:
– Vai sem “combinação” e fim de papo… – Meu pai sempre foi assim, nunca se metia nessas coisas, mas quando o fazia , aliás, como ele dizia, quando batia o martelo, todos nós aceitávamos sem reclamar e o dito “fim de papo” porque era a sinalização de que ele tinha batido o martelo.
Então, eu mais do que depressa, passei a mão na bolsa, fui pedindo a benção quando escuto:
– Espera aí, mocinha, ainda não acabei o assunto com você, falei que poderia ir à festa com este vestido sem “combinação”, pois de qualquer maneira você iria mesmo – Olhei para ele meio que dizendo:
– Como o senhor sabe disse? – E ele continuou:
– Quando chegasse a festa, a primeira coisa que iria fazer, era ir ao banheiro para tirar a “combinação” e só por este motivo que liberei, mas não fique achando que concordo e que acho bonito, muito pelo contrário, sabe bem o significado da palavra vagabunda, segundo meu dicionário? Me fale! – E eu:
– Sei pai, que uma vagabunda nada mais é, que uma bunda vaga em busca de algo mais… – E ele concluiu:
– Fica a deixa, daqui para frente a escolha é sua, pois a vida é só sua, só estou querendo te fazer entender o que os outros podem ver ao olhar para você!!! Agora, vem cá me dê um beijo, que Deus te abençoe muito e boa festa!!!
Eu me levantei, fui ao quarto coloquei a dita “combinação” e a usei durante a festa inteira e em todos os vestidos transparentes desde então… Óbvio que muitas vezes na vida já usei roupa transparente sem a tal combinação, e mais, roupas bem decotadas e provocante, mas nunca sem antes pensar de que a escolha era minha de como iriam me ver ao me olhar…
Os: hoje é não sei como é chamada aquele vestidinho que se coloca em baixo do modelito principal…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s