Perdoa-Me?

 
 

By

Inez Freitas

Às vezes me pergunto

Será que vou errar de novo?

E de novo?

E por quantas vezes?

Vou ter que errar?

E porque será?

Porque errar?

Para aprender?

Então se errei

Porque você não vem até a mim?

E não me perdoa?

Porque neste momento

Estou indo até a ti

E te pedindo perdão

Escute o meu humilde

E mais sincero pedido de perdão,

Pois, hoje tenho plena consciência

Que errei contigo

E apenas, peço e desejo

Teu perdão

Perdoa?

 
 
 
 
Anúncios

Um pensamento sobre “Perdoa-Me?

  1. Inez só posso lhe dizer o que já dizia o matemático e filósofo francês, Antoine de Caritat
    ” Nunca esperes, nem exijas de outros,senão um pouco menos do que serias capaz de fazer por eles. ”

    Se tal pessoa ou tais pessoas não te perdoaram até hoje não irão te perdoar. Se não te receberam, não irão receber. Mas, saiba que você foi maior que elas, você teve a humildade de pedir perdão e eu sem saber quem é ou são tais pessoas, me envergonho por elas, porque você não teve a vergonha de pedir perdão na frente de um mundo virtual inteiro.

    Não sei quem são, mas não são Deus para te perdoarem, mas deveriam ter metade sua humildade e sabedoria.

    Ao ler seu blog, todo ele, chorei e muito. Você tem muitas lições a ensinar, mas você tem a melhor de todas, a de sorrir e a de dar a volta por cima, quando tudo parece estar dando errado.

    É isto aí moça! Siga em frente e continue sendo esta lutadora que és.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s