Alcova em febre

 

De nossa alcova em febre

Por Emerson Silva


Contraditoriamente
O tic tac efêmero
De nossa alcova em febre
Se tornou um orgasmo
Transcendental na plenitude
Da eternidade dos grãos do tempo

Como se a perfeição
Não se contentasse
Como se a perfeição
Apostasse com o sublime

Devoro flores
Arroto seu perfume
Entre o olhar
A saliva e o sal
Entre a noite e o dia

Como se a perfeição
Não se contentasse
Com o perfeito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s