Atrás de estrelas

Além de nossa homenageada de hoje Ohanna nos brindou com sua criatividade.

Por Ohana Patiele

Era princesa e estava ficando velha. Não tinha mais escapatória, tinha que casar!
Então fizeram o baile. Entre o guerreiro bonitão que já havia namorado todas e o príncipe perfeito que só sabia falar de si mesmo, preferia a masmorra. Ela de vestido de bolo de aniversário, via o povo dançar alegremente e os jovens tentando lhe chamar a atenção. Tédio!
Resolveu sumir. Saiu à francesa e sentou no jardim. No meio da escuridão conseguiu enxergá-lo. Ele sentou do seu lado e conversou sobre as flores até elas murcharem. Sem perguntar nada, achou um lugar no colo dela e decidiu ficar ali.
Cantaram desafinadamente, dançaram sem música, trocaram segredos e ela gostou. Gostou não sei do que, mas sabia que aquele era o melhor.
Devia ser o jeito de dizer que gostava sem dizer nada, ou aquele jeito tímido de fazer travessuras ou porque não haviam máscaras.
Ou devia ser o tal do All Star azul que não combinava com a roupa.
Talvez porque a deixava sem fôlego cada vez que interrompia suas falas com beijos cheios de promessas.
Ninguém sabe, ninguém os viu mais. Dizem que foram atrás de estrelas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s