Promessas não cumpridas

Por: Inez Freitas
Aprendi uma coisa muito importante nesta minha curta vida: prometer ninguém é obrigado. Cumprir sim. Promessas são desejadas e muitas vezes escritas para quem são prometidas. As promessas na alegria ou na dor, são promessas para uma vida inteira, até que se cumpra. Mas, muitas vezes são esquecidas antes de cumpridas e sempre lembradas quando a dor insiste em visitar nossos corações e aí as lágrimas enchem nossos olhos e nos lembram que de alguma forma fomos traídos pela promessa não cumprida.

Quantas promessas fiz e não cumpri. Como me arrependo. Hoje não faço isto. Mas dizem que se não aprendemos pelo amor, que seja pela dor. Eis aí mais uma lição de vida. Desejo que uma promessa seja cumprida e não será.

De todas que me prometeram esta era a única que eu queria que fosse cumprida, porque foi um amigo querido que prometeu, e amigos se protegem. Dolorido né? Nunca me incomodei com isto antes, afinal as pessoas esquecem, já haviam feito isto comigo e nao havia tido dor. Entretanto, agora tô aprendendo pela dor. Fico lembrando das promessas de amigos, mas não me incomodo mais. Porque amigos de verdade, uma hora lembram e quem sabe um dia cumpram.

Até porque sou aquela que não acredita em fadas, duendes, gnomos, papai noel e muito menos neste ser chamado homem, quiça em promessas, feitas pela humanidade em geral.
Passível de cometer pecados, o homem é o único ser capaz de magoar de forma tão profunda que as vezes é impossível esquecer.

É o único capaz de matar, roubar, esquartejar, violar, destruir.E depois olhar para trás e fazer de conta que não foi ele.

Que o Pai maior tenha piedade dele, porque ele mesmo não tem consigo próprio.

 

Anúncios

9 pensamentos sobre “Promessas não cumpridas

  1. Que texto lindo e que nos faz refletir como ainda fazemos promessas e não cumprimos a nós mesmos, seja porque não é tão importante ou porque é importante demais e ficamos esperando o momento ideal para tal.

  2. Fico contente em me deparar com textos como o seu. Que leveza!Sua sensibilidade traduziu em boa parte o que a maioria sente quando se sente enganado,traido,decepcionado.Mas desde que mundo é mundo existem as tais “promessas”.Acho que fazem parte do nosso aprendizado.

  3. Amiga, você tem razão: eu também sofro com uma promessa que não cumpri ao não
    voltar à Bahia, onde conheci um amigo pescador. Deve estar até hoje esperando o
    molinete prometido.
    Posso lhe garantir que a dor da promessa não cumprida é muito maior para quem promete, pois a consciência cobra a dívida empenhada pela palavra.
    Tenho a impressão que só sentimos falta de promessas não cumpridas, das pessoas
    que entram nas nossas vidas de maneira indelével. São elas, com virtudes e defeitos,
    motivos de textos lindos, recheados de amor, como o seu.
    Beijos.

  4. Muito bom ….
    Gostei do final .. quando você fala do Pai.
    Na verdade toda dor que sentimos é fruto da distancia do nosso Pai.
    Quando nos achamos auto suficientes para andar sozinhos é que enfrentamos as maiores dificuldades.
    Seja quem for: grande, pequeno, pobre, rico, gordo, magro, azul, amarelo. Todos cometemos o mesmo erro de caminhar sozinhos.

    Quanto as promessas, acho que são uma forma de diminuir a solidão e tentar se fazer importante para alguém que vai ficar esperando o cumprimento da promessa.

    Também já prometi tantas coisa e não cumpri, que não gosto nem de lembrar … agora tento não prometer nada que não possa cumprir.
    bjos

  5. Flor, sempre digo que hoje só espero das pessoas aquilo que elas querem e podem me dar, assim fica muito mais facil não me decepcionar.
    Pense que talvez, se ela tivesse cumprido a promessa, seria otimo pra você mas ela ficaria infeliz por nao querer fazê-lo… Ou talvez ela não tenha podido cumprir a promessa…
    Pense que quando ela prometeu o desejo fosse cumprir, mas a gente muda o tempo todo ne!
    Amei o seu texto, já sou fã de carteirinha do blog.
    BjOks

  6. Lindo, Inês..me vi em boa parte do seu texto…que a sua inspiração seja a válvula de escape pra sua e pra “nossa” dor. Grande beijo.

  7. Porque não acreditar nas promessas? Não fomos feitos para não acreditar. Fomos feitos para amar e ser amados e promessas incluem isto. Você mesma disse uma hora, quem sabe elas se cumpram.

  8. Lindo texto. Feliz de quem a inspirou. Gostaria de saber quem foi. Deve ser uma pessoa muito importante em sua vida.
    Bjs

  9. Faz parte da vida. As vezes tenho quase a certeza que as promessas existem para serem quebradas, mesmo que façam as pessoas sofrerem, mesmo que quebrem corações;O seu foi quebrado e o de muitos outros serão. É da natureza do homem prometer coisas que vai contra a sua própria natureza, mas quem sabe a sua promessa seja cumpfreida. Assim desejo. A minha nuca foi. Sorte. E você tem sensibilidade e um ótimo texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s