Amor de mão única

Definição da Inez por uma amiga querida e que concordo plenamente:

“Amor egoísta, amor que fere e que machuca por enxergar apenas suas próprias dores. Amor que surpreende pela doação sem limite, pelo o companherismo o tempo todo, mas, quando se refere a si, se tranca em seu mundo e não permite que se aproximem, que lhe deêm o abraço, divida seus medos, suas dúvidas, ou que não faça nada disso, apenas deixe que se aproximem, que fiquem perto, como desejado.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s